- ACIDENTES NA AVIAÇÃO COMERCIAL-

29/11/2016

Avião da Chapecoense sofre acidente em viagem para a Colômbia

O avião (de matrícula CP2933) que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión, na madrugada desta terça-feira. Segundo autoridades, há seis sobreviventes entre as 81 pessoas presentes no voo, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. Não há confirmações sobre quem são as vítimas. A imprensa local informa que a aeronave perdeu contato com a torre de controle por volta das 22h15 local (1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín. As ambulâncias com os primeiros feridos chegaram ao Hospital San Juan de Dios de La Ceja por volta das 5h (de Brasília).

 

15/01/2009

Airbus A-320 faz pouso forçado no Rio Hudson, em Nova Iorque

NOVA YORK (Reuters) - Um jato da US Airways com mais de 150 pessoas a bordo caiu nas gélidas águas do rio Hudson, junto a Manhattan, depois de aparentemente atingir um bando de gansos. As autoridades disseram que todos foram resgatados.

Passageiros resgatados disseram que todos sobreviveram à queda, que deixou o Airbus A320 intacto, flutuando.

"Confirmamos que todos saíram", disse uma porta-voz da Administração Federal de Aviação (FAA). Alguns deles ficaram feridos e foram levados a hospitais de Nova York.

A US Airways disse que 150 passageiros e cinco tripulantes estavam a bordo do avião.

A FAA disse estar investigando relatos de que o avião teria atingido gansos em revoada ao decolar do aeroporto LaGuardia. Um passageiro contou à Reuters que ouviu uma espécie de explosão minutos após a decolagem.

"O motor explodiu. Havia fogo por todo lado, e o cheiro era de gás", afirmou Jeff Kolodjay, num cais no centro de Manhattan.

"As pessoas estavam sangrando em toda parte. Batemos forte na água. Foi assustador", disse.

Outro passageiro, Alberto Panero, disse à CNN que aparentemente todos haviam sido resgatados. "É simplesmente incrível que todos estejam vivos."

Até que barcos da polícia chegassem, oito balsas e táxis-barco acudiram em socorro dos passageiros, alguns dos quais já usavam coletes salva-vidas e faziam fila sobre as asas semissubmersas do avião.

"Vi o avião vindo muito baixo, mas sob controle, e desceu espalhando água. Quando clareou, ainda estava flutuando de barriga para baixo", descreveu Alex Whitaker, funcionário da Thomson Reuters que estava numa sala de reuniões no 22o andar do prédio da empresa, na Times Square.

"As portas se abriram e podíamos ver botes salva-vidas e até mesmo ver algumas pessoas se jogando na água", disse ele.

O vôo 1549 seguia para Charlotte, na Carolina do Norte.


Este é o Boeing 737-800 (PR-GTD), que caiu na floresta Amazônica. O avião não tinha nem 200 horas de vôo e recém havia sido entregue pela Boeing.

29/09/2006

Boeing 737-800 da GOL colide com Embraer Legacy e cai na floresta Amazônica!

A Força Aérea Brasileira informou na tarde deste sábado que não há sobreviventes no vôo 1907, da Gol, que ia de Manaus para Brasília e caiu em Mato Grosso na sexta-feira.

A Infraero disse no final da manhã deste sábado (30), em entrevista coletiva em Brasília, que acha difícil haver sobreviventes do acidente com o avião da Gol que caiu ontem em Mato Grosso. A opinião foi dada pelo presidente da Infraero, tenente-brigadeiro José Carlos Pereira, com base na observação dos destroços encontrados esta manhã e na sua experiência como piloto.

De acordo com a Infraero, o avião caiu "embicado" na área indígena caiapó Capoto-Jarina, próxima ao Parque do Xingu, na divisa entre o Pará e Mato Grosso.

As equipes de resgate estão descendo de rapel no local onde se encontram os destroços e até o momento não detectaram movimentação de sobreviventes. Às 13h30 deste sábado, três militares já estavam no local da queda e começavam a abrir clareiras para o pouso de helicópteros da operação de resgate. As equipes improvisaram uma base na fazenda Jarinã, nas proximidades de onde o Boeing caiu.

O Boeing 737-800 da Gol saiu de Manaus às 15h35 da tarde de sexta, com destino ao Rio de Janeiro e escala em Brasília, mas sumiu na região da Serra do Cachimbo, entre o sul do Pará e norte do Mato Grosso. O vôo 1907 levava 155 pessoas, entre tripulantes e passageiros.

Cem militares da FAB e mais 200 pessoas, entre civis e militares, estão na região da Serra do Cachimbo fazendo as buscas. Quando chegarem ao local onde estão os destroços, integrantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) especializados em segurança de vôo vão começar as investigações sobre as causas do acidente.


25/05/2002

Boeing 747-200 da China Air cai em alto mar!

O avião, com 225 pessoas a bordo, desapareceu dos radares, quando realizava um vôo entre Taipé e Hong Kong. A aeronave se desintegrou no ar em quatro grandes pedaços antes de cair no mar e não há sobreviventes. As primeiras versões sobre as causas do acidente indicam que houve uma explosão a bordo e o avião caiu, provavelmente, sobre as Ilhas Pescadore, no Estreito de Formosa. O jato havia decolado do Aeroporto Internacional Chiang Kai-shek, em Taipé, com destino a Hong Kong. Especialistas de aviação apresentaram várias possibilidades como causas do acidente: uma explosão interna, uma despressurização repentina da cabine, uma colisão em pleno ar ou mesmo um acidente militar. A Administração Civil Aeronáutica de Taiwan já localizou as duas caixas-pretas do avião, que poderão ajudar a explicar o repentino desaparecimento do Boeing 747-200, cerca de 20 minutos depois da decolagem e sob céu claro.


Destroços do 'jumbolino', na floresta!

24/11/2001

Avro RJ-100 da Crossair cai em Zurique, na Suiça!

O avião (vôo 3597) com 33 pessoas a bordo caiu na aproximação ao aeroporto de Zurique, em Basseldorf, a aproximadamente 6 km do aeroporto, matando 24 passageiros. Miriam Wettstein, uma sobrevivente do acidente, disse à emissora suíça Tele24 que o avião pegou fogo e ela conseguiu escapar correndo na floresta onde a aeronave caiu. As "caixas pretas" da aeronave, fabricado pela BAE Systems, foram recuperadas, e as autoridades esperam descobrir o que causou o acidente.


Modelo do avião acidentado!

Leme sendo retirado da 'Jamaican Bay', em NY.

12/11/2001     

A-300-600 da American Airlines cai em Nova York - USA!

O avião da American Airlines (vôo 587), com 251 passageiros e 9 tripulantes, caiu em uma área residencial de Nova York (bairro do Queens), logo após decolar do Aeroporto Internacional John F. Kennedy, com destino a São Domingos, na República Dominicana, matando todos a bordo. Testemunhas relataram ter visto e ouvido uma explosão, no lado direito da aeronave. Em terra, 10 prédios foram atingidos, deixando 16 pessoas feridas. O governador de Nova York, George Pataki, disse que o piloto liberou combustível pouco antes do desastre, demonstrando estar consciente da ocorrência de algo muito grave a bordo. Estima-se, porém, que o piloto não teve mais de três minutos antes de tudo se consumar, o que explicaria a aparente falta de comunicação com a torre de controle. A American informou que o A-300-600 envolvido no acidente estava em operação na companhia desde julho de 1988. A empresa possui outras 34 aeronaves do mesmo modelo em sua frota.


31/10/2000

Boeing 747-400 da SINGAPORE AIRLINES explode na decolagem!

A explosão de um Boeing 747-400 da Singapore Airlines durante sua decolagem em Taipé nesta terça-feira deixou pelo menos 68 mortos e 68 feridos, segundo informou o Ministério dos Transportes de Taiwan. Não há informações sobre outras 30 pessoas que estavam a bordo. O acidente com o vôo 006 com destino a Los Angeles aconteceu durante um temporal na capital de Taiwan na noite de terça-feira. O avião levava 159 passageiros e 20 tripulantes. O porta-voz da Singapore Airlines, James Boyd, declarou que 16 pessoas -- entre elas, os tripulantes da cabine -- não sofreram ferimentos durante o acidente.Boyd afirmou também que, momentos antes do acidente, o piloto do Boeing comunicou-se com a torre de controle e disse que havia um objeto não identificado na pista de decolagem. As autoridades do aeroporto ainda não se pronunciaram a respeito. O avião caiu quando tentava decolar em meio a uma tempestade provavelmente provocada pela aproximação do tufão Xangsane da ilha. Testemunhas disseram que uma guinada do vento pareceu jogar o avião de encontro ao solo, onde ele explodiu, rompeu-se em dois e pegou fogo.


Parte da fuselagem do A-320 sendo retirado da água!

23/08/2000

Airbus A-320 da GULF AIR cai no Golfo Pérsico!

Um avião da GulfAir caiu nas águas do mar do emirado de Bahrein. O airbus A-320 levava 143 pessoas a bordo. O voô GF-072 saiu do Cairo, capital do Egito, em direção a Manara, capital do emirado de Bahrein. Investigadores encontraram na noite desta quarta-feira as duas "caixas pretas" do Airbus, poucos quilômetros ao norte de Barein. As autoridades informaram que dificilmente serão encontrados sobreviventes.O Ministério da Informação de Barein, afirmou que o piloto havia tentado aterrissar duas vezes, no aeroporto de Manama, e na terceira aproximação da pista o Airbus mergulhou no mar. Um controlador local do tráfego aéreo, falando sob a condição de permanecer no anonimato, disse ter visto o avião sobrevoando a região em círculos antes de cair e explodir. A agência Associated Press citou o funcionário dizendo que não viu chamas nem sinais de problemas antes da queda. A fonte não conseguiu explicar por que o avião estava voando em círculos antes de cair. Ainda de acordo com a fonte, a tripulação do avião não comunicou à torre nada de anormal.


Concorde decolando já em chamas!

25/07/2000

Concorde (AF vôo 4590), cai nos arredores de Paris!

Um avião Concorde, com 113 pessoas a bordo, caiu nesta terça-feira nos arredores de Paris, logo após decolar da capital francesa com destino a Nova York. O avião, da companhia Air France, caiu sobre um hotel, que pegou fogo. Pelo menos quatro pessoas morreram em terra. As autoridades ainda não se pronunciaram sobre as possíveis causas do acidente, o primeiro a envolver um Concorde, uma das aeronaves mais seguras da história da aviação. Momentos após o acidente desta terça-feira, testemunhas contaram à emissora de televisão francesa LCI que viram o Concorde se incendiar antes de bater no Hotel Hotêlissimo, na cidade de Gonesse, ao norte de Paris -- a cerca de 15 quilômetros do aeroporto Charles de Gaulle. Sid Hare, piloto à serviço da companhia de entrega postal Federal Express, viu quando o Concorde caiu e comparou o impacto à queda de uma pequena bomba atômica. "O avião tinha dificuldades para subir e, obviamente, não pode ganhar altitude", disse Hare. "O Concorde tem potência para viajar de Paris a Nova York em três horas e 45 minutos, atingindo velocidade de 2.192 km/h. Com capacidade para 100 passageiros, o avião costuma levar nove tripulantes. Resultado de um projeto anglo-francês, os aviões Concorde começaram a voar na década de 70.


18/04/2000

Boeing 737-200 da Air Philippines cai ao sul da ilha de Samal!

Um boeing da Air Philippines caiu na madrugada desta quarta-feira no sul das Filipinas com 131 passageiros a bordo. Todos os ocupantes do aparelho morreram. De acordo com controladores de tráfego aéreo, o avião cobria o vôo 541 entre a capital filipina, Manila, e a cidade de Davao. Enquanto aguardava a liberação da pista do aeroporto, o comandante deu voltas sobre Davao e o avião acabou caindo, ainda por motivos desconhecidos. Pouco antes do desastre, o piloto teria informado à torre de controle que estava com problemas de visibilidade. Um porta-voz da Boeing, Sean Griffin, informou que o 737-200 é um dos primeiros modelos da série de Boeings 737. Os registros da companhia indicaram que o avião acidentado estava em operação há 22 anos. A Air Philippines foi inaugurada em 1996. Um funcionário da companhia assegurou que o avião passou por inspeções antes da decolagem em Manila e que não foi encontrada qualquer irregularidade.


[Retornar]      [Principal]


© COPYRIGHT 2017 - Webmaster - Fernando Basto